Arquivar 17 de outubro de 2017

Receita de jantar Low Carb

Jantar Low Carb

Jantar Low Carb

Jantar super rápido de preparar #lowcarb

Receita de jantar low carb

Ovos com guacamole e salada com molho de gengibre + limão + azeite + missô ????
Para o ovo, fiz uma cama de brócolis ( já refogado ) na frigideira, quebrei os ovos caipiras, temperei com sal, bastante cebolinha, orégano fresco, tomate cereja e pimenta biquinho (todos da minha horta) e tampei, deixando cozinhar em fogo bem baixo até ficar no ponto!
Conheça também café da manhã low carb.
 

Agende sua consulta com um Nutricionista

 

    Consulta + Retorno por 550 reais

    Você também ganha um acompanhamento online de 60 dias por WhatsApp, falando diretamente com a Dra Camila e tem a bioimpedancia inclusa na consulta e no retorno!

    Receita de panqueca para café da manhã

    Uma boa opção de café da manhã é essa panqueca deliciosa que eu fiz!
    Bati um ovo, misturei com uma banana bem amassada e coloquei 2 colheres de sopa de farinha de aveia! Não tinha canela mas é uma boa ideia acrescentar.
    Despejei em uma frigideira grande untada com manteiga e espalhei bem.
    Virei para dourar dos dois lados.
    Depois fritei meia banana em rodelas na manteiga até ficar bem cremosa e usei para o recheio!
    Comi com manteiga ghee e café!
    #feriado #saudável #nutricionista #nutricao #saúde #fitness #panqueca #panquecafit #cafe #coffeebreak #coffee

    A individualização da dieta e da suplementação são dois fatores muito importantes para alcançar resultados!

    A individualização da dieta e da suplementação são dois fatores muito importantes para alcançar resultados! E essa é a minha prioridade aqui no consultório.
    O planejamento alimentar (Dieta) é feito com base nos sinais, sintomas, rotina do indivíduo e o mais importante: Tudo isso é montado JUNTO com meu paciente. Combinamos juntos o que é viável ou não e sempre que termino de montar o planejamento pergunto se é possível pra ele seguir o combinado. Porque o sucesso do tratamento se baseia nessa parceria entre o que é ideal e o que é viável para o meu cliente!
    As vitaminas, minerais, fitoterápicos e etc são passados de acordo com sinais e sintomas individuais e resultados de exames laboratoriais específicos. A maioria dos pacientes que chegam aqui, nunca realizaram exames completos de vitaminas/minerais e geralmente apresentam diversos sintomas de carências nutricionais.
    Com a individualização do tratamento é impossível suprir essas carências nutricionais, melhorar sintomas e até potencializar o emagrecimento. Isso porque quando o organismo está deficiente em nutrientes até o metabolismo é prejudicado!
    Na foto, meus suplementos individuais e do meu marido. Uso vitaminas de acordo com as carências identificadas nos meus exames, fitoterápicos para melhorar alguns sintomas específicos e para potencializar o ganho de massa muscular, e esporadicamente enzimasdigestivas e probióticos. Para meu marido, vitaminas específicas para as carências dele e ativos para ajudar na perda de gordura corporal e redução da ansiedade. Cada um no seu objetivo!

    Zinco

    Vou aproveitar esses suplementos que ganhei da @sundown_vitaminas pra falar um pouquinho sobre o zinco!
    Hoje em dia há uma preocupação grande com níveis de vitamina D, por exemplo, mas outras vitaminas e minerais que são de igual importância para o equilíbrio do organismo são esquecidas!
    Um exemplo é o zinco, que é fundamental para imunidade, fertilidade, memória, saúde das unhas / cabelos e pele, função tireoidiana e gastrointestinal, saúde óssea entre outras atividades.
    O estresse é um dos fatores que pode reduzir vitaminas antioxidantes como Zinco, vitamina A, vitamina C e como consequência, piorar a imunidade e os fatores citados acima.
    Ele está presente naturalmente em castanhas, semente de abóbora, lentilhas, feijões, carne vermelha, camarão, etc. Mas em alguns casos precisa ser suplementado. A suplementação deve ser de acordo com seus níveis no organismo e sempre individualizada.

    Por que é “difícil” perder gordura corporal?

    Por que é “difícil” perder gordura corporal?

    Pra começar, vamos desmistificar essa ideia de que perder peso é difícil! O sucesso da dieta depende do quanto o paciente está focado e de uma orientação adequada, individualizada!

    Dentre os fatores que definem facilidade ou dificuldade em perder peso, podemos pensar em genética, composição corporal e estado atual do organismo.

    Em relação a composição corporal, é comum vermos pessoas com massa muscular desenvolvida e metabolismo mais acelerado. Isso porque o músculo é um tecido ativo que tem uma demanda aumentada de energia. É como se a pessoa que sempre se exercitou e fez atividades (principalmente atividades que trabalham músculos) gastasse mais energia do que aquela pessoa que não tem músculos desenvolvidos e está sem se exercitar há anos.
    Em relação a parte genética é possível que ela seja desfavorável para perda de peso. Mas isso significa que eu não vou conseguir emagrecer por causa da minha genética? NÃO!!!
    Hoje em dia já sabemos que o estilo de vida e alimentação podem alterar a EXPRESSÃO dos genes, o que não deixa ninguém mais condenado à sua genética. O que acontece é que a pessoa que não tem uma genética favorável vai ter que ser mais disciplinada provavelmente.
    Já em relação ao estado atual do organismo, uma pessoa que está com hormônios alterados, carência de vitaminas e minerais, disbiose (alteração intestinal) e etc, com certeza tem desequilíbrios que devem ser corrigidos para estimular a perda de peso. No nosso corpo, tudo tem que estar sincronizado.
    O organismo precisa estar totalmente equilibrado para funcionar corretamente e agir a seu favor!
    Veja também sobre os Alimentos Industrializados!
     

    Agende sua consulta com um Nutricionista

     

      Consulta + Retorno por 550 reais

      Você também ganha um acompanhamento online de 60 dias por WhatsApp, falando diretamente com a Dra Camila e tem a bioimpedancia inclusa na consulta e no retorno!

      Alimentos industrializados

      Alimentos industrializados

      Alimentos industrializados

      Sempre ouço no meu consultório essa frase: “já estou fazendo dieta, consumindo alimentos integrais, lights, diets, zero e NÃO ESTOU EMAGRECENDO“.

      Essas pessoas já passaram por tantas orientações, que acabam até achando que tem algum problema mais grave em seu organismo, por não conseguirem perder peso.
      Isso acontece pois de nada adianta trocar um alimento industrializado por outro. A maioria desses alimentos ditos de “dieta” são ricos em coisas químicas e inflamatórias e na minha opinião, nem deveriam ser chamados de alimentos.
      A foto acima é de um iogurte que aparentemente é saudável. Tem laranja e mel, deve fazer bem pra saúde, certo? Olhem os ingredientes:
      LEITE RECONSTITUÍDO INTEGRAL, XAROPE DE AÇÚCAR, PREPARADO DE CENOURA, LARANJA E MEL (XAROPE DE AÇÚCAR, ÁGUA, CENOURA, SUCO DE LARANJA, MEL, AMIDO MODIFICADO, AÇÚCAR, CORANTE NATURAL URUCUM, CONSERVADOR SORBATO DE POTÁSSIO, AROMATIZANTES E ESPESSANTE GOMA XANTANA), PROTEÍNA CONCENTRADA DE LEITE, SORO DE LEITE EM PÓ E FERMENTO LÁCTEO.
      Pra quem ainda olha a tabela nutricional do alimento, comece a ver os INGREDIENTES. Vejam quanto açúcar tem nesse produto. Os primeiros ingredientes são os que estão em maior quantidade!
      Com certeza existem também alimentos industrializados mais saudáveis, sem aditivos ruins. Temos que ter atenção ao escolher os alimentos!
      Meu objetivo em consulta é mostrar aos meus pacientes quais são os alimentos verdadeiramente saudáveis, e que comer de forma saudável é sim prazeroso! Sempre ouço ao final do tratamento: foi muito mais fácil do que eu imaginava! E essa é a meta, fazer a dieta ser algo fácil e acessível para todos!
       

      Agende sua consulta com um Nutricionista

       

        Consulta + Retorno por 550 reais

        Você também ganha um acompanhamento online de 60 dias por WhatsApp, falando diretamente com a Dra Camila e tem a bioimpedancia inclusa na consulta e no retorno!