Alimentação vegana/vegetariana

Alimentação vegana/vegetariana

Quase sempre que atendo um vegano ou vegetariano, ouço a seguinte frase: “fui ao médico/nutricionista e ele me mandou comer carne” ou “ o profissional ficou me questionando por que eu não comia carnes e tentou me convencer a comer”.
Acredito que compreender a escolha do paciente e ser imparcial nesse caso é essencial. Pois esse é um público que precisa muito de um acompanhamento detalhado e individualizado.
Um dos maiores erros do vegano/vegetariano é substituir proteína por carboidratos em excesso, ou no caso dos ovolactovegetarianos, por um excesso de produtos lácteos. Assim é comum que haja um aumento de peso indesejado. Outra dificuldade é retirar a proteína animal. Porque não saber substituir por uma proteína de origem vegetal, acaba tornando a dieta e pobre em nutrientes e proteínas.

Deficiências nutricionais como falta de ferro, b12, zinco, proteínas e outros nutrientes são muito comuns. Elas devem ser ajustadas muitas por uma suplementação específica e individualizada. A falta desses nutrientes pode causar problemas cognitivos, fadiga, sonolência excessiva, queda de cabelos. Além de, unhas fracas, dificuldade no ganho de massa muscular, entre outros sintomas.


Na prática nutricional, uma avaliação bem detalhada de sinais e sintomas e solicitação de exames laboratoriais completos com análise de vitaminas e minerais para verificar carências ou desequilíbrios é muito importante.

glorium

Deixe uma resposta