Todos os posts de glorium

Afinal, o ovo é bom pra saúde?

Quem ainda tem medo do ovo??
O ovo NÃO aumenta o colesterol nem faz mal pra saúde! Ele contém lecitina, uma substância que impede que o colesterol presente nesse alimento seja totalmente absorvido pelo organismo!
A gema não é um vilão e não deve ser jogada fora! Ela é riquíssima em vitaminas do complexo B, ferro e outros minerais. Tem também PROTEÍNAS! Além de ser rica em COLINA, substância importante para o desenvolvimento fetal, para a memória e o cérebro. Um ovo tem aproximadamente 22,7% da quantidade diária de colina que precisamos.
Então, nada de jogar a gema fora! Clara e gema se completam, devem ser ingeridas juntas!!

Alimentação e cabelos saudáveis, qual a relação?

Nem todos sabem, mas a saúde do cabelo, pele e unhas está diretamente ligada com a nossa alimentação.
Desordens estéticas geralmente são sintomas de carências nutricionais ou excesso de alguns nutrientes, sobrecarga do organismo por metais tóxicos ou até mesmo deficiência na absorção de vitaminas e minerais.
A queda de cabelos é um exemplo muito comum entre homens e mulheres, e pode estar relacionada com a deficiência de biotina, ácido pantotênico, vitamina D, cálcio, cobre, zinco e proteínas. O excesso de selênio, cádmio e vitamina A também podem aumentar a queda.
Além disso, se o seu intestino estiver em desequilíbrio, (disbiose) você pode não absorver os nutrientes como deveria, e a carência é ainda maior!
Desordens na tireóide também podem causar queda de cabelo, cansaço e outros sintomas.
Nesses casos, é recomendado que o paciente realize exames bioquímicos completos, com dosagem de vitaminas e mineiras, e avaliação da tireóide.
A partir daí o plano alimentar e a suplementação são feitos para suprir essas carências e melhorar os sintomas

Qual a importância de uma suplementação individualizada?

O suplemento deve ser usado quando mesmo com uma alimentação equilibrada e balanceada, o indivíduo ainda apresenta carências, que são detectadas por exames específicos que analisam o estado nutricional ou por sintomas e sinais físicos.
Em situações de estresse excessivo, doença, desequilíbrios na homeostase e atividade física intensa, os suplementos também tem um importante papel!
Na foto, uma parte da minha suplementação diária, com uma fórmula polivitamínica que manipulei, específica para minhas necessidades e um fitoterápico para ajudar no aumento de massa muscular ?
Importante: Nunca utilize suplementos sem indicação nutricional, você pode estar usando a substância errada, no momento errado e em doses inadequadas. Cada suplemento deve entrar em um momento certo, de acordo com o restante da dieta e de acordo com vários outros fatores. Você pode sobrecarregar o seu organismo ou jogar dinheiro fora caso não esteja fazendo de forma correta.
Não sou a favor do uso de certos polivitaminicos prontos, e o que mais vejo são pacientes que vem com indicação dessas vitaminas. Elas não são adequadas para o SEU organismo. Você pode ter alguns nutrientes em excesso, e com a suplementação isso pode colocar sua saúde em risco, ao mesmo tempo que alguns nutrientes podem estar em falta e a quantidade proposta nessas fórmulas não irá suprir suas necessidades.

Nutrição funcional e candidíase

A candidíase é uma infecção da mucosa, causada por fungos do gênero candida, que estão presentes naturalmente no trato gastrointestinal mas podem se tornar patogênicos (ruins) em algumas condições.
Vários fatores podem causar este aumento, dentre eles, a disbiose! Já falei dela por aqui, é quando há um desequilíbrio entre as bactérias “boas” e “ruins” do nosso intestino, e quando isso ocorre, a candida pode aumentar seu crescimento e levar à infecção.
Fatores como baixa imunidade, má alimentação, estresse e uso de drogas também contribuem.
Além disso, o excesso de carboidratos simples e refinados pode promover crescimento do fungo!
É comum em minha prática clínica ver quadros de candidíase associada à infecção urinária e diarréia ou outros desequilíbrios intestinais.
A abordagem da nutrição funcional tem apresentado sucesso e melhora na maioria das situações!
Para o tratamento é necessário uma dieta individualizada e balanceada, rica em nutrientes e com probióticos específicos! A retirada de alimentos alergênicos também é benéfica, e alguns alimentos específicos estão relacionados com a melhora do quadro, dentre eles: alho, orégano, óleo de melaleuca e echinacea! As doses são sempre individua

Tortinha salgada funcional

Ingredientes:

3 col. Sopa bem cheias de batata doce amassada
1 colher de sobremesa de azeite de oliva extra virgem
1/2 cebola picada
1/2 colher de café de sal
3 azeitonas verdes picadas
1/2 tomate picado
2 colheres de sopa de polvilho azedo
2 colheres de sopa de polvilho doce
2 ovos inteiros
1 colher de chá de chia
Salsinha e cebolinha a gosto

Modo de preparo
Misture todos os ingredientes em uma tigela até que fique bem homogêneo. Coloque em forminhas de silicone e leve ao forno pré aquecido por cerca de 25 minutos!

Introdução da alimentação complementar

Ao iniciar a alimentação complementar devemos nos atentar a fatores importantes:

  • Os hábitos alimentares da família influenciam diretamente nos hábitos da criança. É essencial que os pais, avós e familiares deem o exemplo e se alimentem de forma saudável sempre.

 

  • Os sabores vivenciados pela criança da fase de introdução alimentar até os 3 anos de idade mais ou menos, podem influenciar as preferências alimentares subsequentes.

 

  • Ao oferecer alimentos muito doces e muito condimentados as crianças tendem a diminuir o interesse por frutas, verduras e legumes em sua forma natural.

 

  • As crianças desenvolvem um autocontrole no seu consumo energético, por isso os horários de alimentação não devem ser muito rígidos e devem respeitar a vontade da criança.

 

  • A variedade dos alimentos é muito importante, pois cada um fornece um tipo de nutriente que terá um papel específico no desenvolvimento do bebê. É comum os pais desistirem de variar alimentos quando nos primeiros contatos o bebê demonstra certa aversão, porém são necessárias de 8 à 10 exposições para que um novo alimento seja aceito pela criança.

 

  • Os alimentos complementares devem ser oferecidos utilizando-se colher e copo. As mamadeiras devem ser evitadas, pois além de apresentarem alto risco de contaminação elas prejudicam a dinâmica oral da criança. O desmame precoce também pode ocorrer com a introdução de mamadeiras, havendo uma “confusão de bicos” gerada por uma diferença marcante entre sugar nas mamas e no bico da mamadeira.

 

Adoçantes são mesmo bons pra saúde?

Será mesmo que usar adoçante é benéfico para a saúde??
A resposta é, depende do tipo de adoçante, mas de modo geral é sempre melhor evitar adoçar, seja com açúcar ou com adoçante!
Se for utilizar, melhor usar Stevia, taumatina ou xylitol  que são naturais!!
Os adoçantes artificiais como aspartame, sacarina, assesulfame, sucralose ativam receptores que aumentam a captação de GLICOSE, aumentam insulina e aumentam o apetite por doces e compulsão!!! Além de causar DISBIOSE, um desequilíbrio intestinal!
Recomendo retirar da dieta açúcares e adoçantes aos poucos, assim o organismo vai se acostumando e depois de um tempo perdemos o vício por doces e conseguimos reduzir os carboidratos em geral!

Contar calorias emagrece?

Quem aqui ainda se preocupa em ler a quantidade de calorias dos rótulos de alimentos?
E se eu disser que isso não é importante para perder peso com QUALIDADE?
Acontece que nosso organismo não entende “calorias”, ele não faz um cálculo matemático na hora da digestão, levando em conta quanto tem de calorias no alimento digerido. Quando ingerimos um alimento, ele é “quebrado” em moléculas menores. Nessa hora o organismo divide esse alimento em proteínas, carboidratos, vitaminas, minerais, gorduras… E cada um deles é absorvido e utilizado pelo nosso organismo de uma forma. Logo, o corpo entende NUTRIENTES e não CALORIAS. Um plano alimentar saudável leva em conta a quantidade e qualidade de NUTRIENTES, e deve se sempre individualizado.
Alimentos com mesma quantidade de calorias, podem ter quantidades diferentes de nutrientes, então nunca escolha um alimento pelas calorias, e sim pelos seus ingredientes!

Receita de Tortinhas funcionais de chocolate com morango

Tortinhas funcionais de chocolate com morango

Para a base da tortinha:
6 colheres de sopa de farinha de arroz integral
4 colheres de sopa de amaranto em flocos
4 colheres de chá de melado de cana
4 colheres de sopa de aveia
1 colher de sobremesa de óleo de coco
6 colheres de sopa de água
1 colher de sopa de coco fresco ralado.
Misture bem esses ingredientes e coloque em forminhas. Leve ao forno até que fiquem crocantes.
Para o recheio derreti o chocolate only 4 ( é funcional, sem açúcar comum, sem leite e com cramberry), misturei uma colher de sopa de biomassa de banana verde e 3 colheres de sopa de leite de coco fresco. Quem não tiver esses ingredientes pode usar só o chocolate mesmo!
Depois coloquei morango picado pecado e pronto!

Programação metabólica na gestação

Programação metabólica na gestação

Programação metabólica na gestação

Já está provado que mães com hábitos saudáveis tem uma gestação saudável, com menos complicações e passam genes saudáveis para seus filhos!
Muitas mães pensam que podem comer o que quiserem e ainda “comer por dois”, o que está completamente errado.
Sabemos que uma alimentação correta e nutritiva pode modular os nossos genes, e assim durante a gestação poderemos programar nosso metabolismo e nossos genes, que farão parte do organismo dos nossos filhos. O mesmo vale para o homem, que também passa sua carga genética para o feto! Assim ambos tem que participar dessa programação.
Fazer dietas restritivas durante a gestação também não é interessante, pois pode faltar nutrientes para o bebê e o emagrecimento da gestante libera toxinas que podem prejudicar a gestação. O ideal é se programar, adotar hábitos saudáveis antes de engravidar, perder peso e ai sim pensar em ter filhos!
 

Agende sua consulta com um Nutricionista

 

    Consulta + Retorno por 550 reais

    Você também ganha um acompanhamento online de 60 dias por WhatsApp, falando diretamente com a Dra Camila e tem a bioimpedancia inclusa na consulta e no retorno!