Café da manhã low carb

café da manhã low carb

Café da manhã low carb

Em uma dieta com uma quantidade reduzida de carboidratos é mais difícil pensar no que comer, certo?
Isso porque estamos acostumados com pão, torrada, bolacha, e etc.
Essa é uma opção diferente, porém deliciosa.

Receita café da manhã low carb

Omelete com salsinha, cebola e cebolinha + tomates cereja, guacamole com chia e coco fresco ralado.
O coco eu compro fresco e congelo, assim posso ir comendo as porções.
Conheça também a Receita de Pão Low Carb.
 

Agende sua consulta com um Nutricionista

 

    Consulta + Retorno por 550 reais

    Você também ganha um acompanhamento online de 60 dias por WhatsApp, falando diretamente com a Dra Camila e tem a bioimpedancia inclusa na consulta e no retorno!

    Por favor, prove que você é humano selecionando Uma casa.

    Salada completa

    Pra não enjoar da salada, que tal essa super caprichada?
    Usei alface, tomate seco, azeitonas, mostrada (tem que ser uma marca sem conservantes, sem açúcar..), azeite extra virgem, nozes picadas, limão, orégano e gengibre ralado.

    Patê de berinjela com tahine

    Lanche da tarde com patê de berinjela com tahine

    Lanche da tarde com patê de berinjela com tahine


    O tahine é super versátil e proteico, adoro usar em patês.


    Esse eu fiz com uma berinjela que já tinha assado e sobrou do final de semana, era um antepasto com cebola e pimentões que bati com um pouco de tahine e um dente de alho.

    Também dá pra fazer dessa forma o patê de berinjela com tahine:


    Asse as berinjelas com casca mesmo e quando ela começar a murchar retire do forno e use só a polpa.

    Para cada xícara de polpa coloque 1 colher de sopa de tahine.
    Bata no processador com 1/2 dente de alho, 1 colher de sopa de azeite de oliva extra virgem, sal a gosto, pimenta a gosto e 1 colher de sopa de limão espremido.
    Prontinho!
    Conheça também nossa Receita de Patê de Tofu com Macadamias.
     

    Agende sua consulta com um Nutricionista

     

      Consulta + Retorno por 550 reais

      Você também ganha um acompanhamento online de 60 dias por WhatsApp, falando diretamente com a Dra Camila e tem a bioimpedancia inclusa na consulta e no retorno!

      Por favor, prove que você é humano selecionando Um coração.

      Polivitamínicos prontos são saudáveis?

      Isso é algo que eu considero super importante!
      Não usar polivitamínicos prontos!
      O ideal é fazer um exame completo de vitaminas e minerais e identificar o que exatamente está faltando. Então com esses dados elaboramos um polivitamínico individualizado.
      É muito comum a deficiência de vitaminas e minerais, quase todos tem alguma falta no organismo que deve ser corrigida.
      A carência de nutrientes leva a diminuição da memória, fadiga, sonolência, queda de cabelos, depressão e outras desordens.
      É importante também lembrar que o valor de referência dos exames no laboratório é muito amplo, então eu levo em consideração o parâmetro ideal sempre! Fique atento aos sinais e sintomas do seu organismo, muitas vezes com um exame considerado “normal” para os parâmetros laboratoriais você já tem sintomas da deficiência desse nutriente e deve corrigir a alimentação ou suplementar!

      Café da tarde pode?

      Sempre ouço na consulta: Mas Dra, eu amo aquele cafezinho da tarde, pãozinho com manteiga, café com leite!
      O tradicional café da tarde, lotado de farinha de trigo, bolos com açúcar, sucos industrializados, leite de vaca e etc não é nada saudável. Mesmo se for com “pão integral” que de integral geralmente não tem nada e ainda tem glúten adicionado além do natural do trigo.
      Na foto, meu cafezinho da tarde, com pãozinho de batata doce e aveia, patê de tofu com azeitonas e ervas, manteiga (nada de margarina ????), mamão, chá gelado de abacaxi e café com leite de coco! Cheio de componentes saudáveis, bem diferente do tradicional café da tarde, super inflamatório!
      Dá sim pra fazer um lanche que tem a cara da casa da vó, que traz aquelas memórias de café da tarde com a mãe que todo mundo gosta, e ainda assim dar nutrientes importantes para o seu organismo! Mas nada de substituir refeições por café da tarde ok? Jantar comida é sempre a melhor opção!

      Pãozinho de batata doce recheado de queijo meia cura

      Ingredientes
      3 colheres de sopa de batata doce cozida e bem amassada
      3 colheres de sopa de aveia
      3 colheres de sopa de goma de tapioca
      1 ovo caipira
      Orégano a gosto 
      Sal marinho a gosto
      1 colher de sopa de azeite extra virgem
      1 colher de chá de fermento químico em pó
      Queijo meia cura a gosto picado

      Misture todos os ingredientes e asse por cerca de 40 minutos.

      Quibe de quinoa com carne

      Foto feita por uma paciente querida que está fazendo todas as receitinhas e adorando poder comer coisas gostosas, dentro da dieta!
      Ingredientes:
      3 xícaras de carne moída, 3 xícaras de quinoa em grãos
      cozida, 2 ovos, ½ cebola picada, hortelã, salsinha, cebolinha e sal a gosto.

      Modo de preparo:
      Misture a carne, a quinoa, o sal, os ovos e a cebola, salsinha e cebolinha em um recipiente até obter uma massa homogênea. Unte uma assadeira com azeite e coloque a massa. Leve ao forno para assar.
      Quando estiver pronto, coloque a hortelã por cima e leve ao forno por mais 5 minutos.

      Como ter sucesso em uma dieta pensando além da comida?

      Esse texto é pra todos aqueles que já fracassaram alguma vez ao tentar iniciar uma dieta.
      Ter sucesso em um tratamento nutricional não depende só de deixar de comer isso, ou passar a comer aquilo. O processo vai muito além disso.
      Quantas vezes você iniciou uma dieta e colocou tudo a perder quando começou a pensar: “ ah, mas eu trabalhei tanto hoje, eu mereço comer um docinho, mereço tomar aquela cervejinha”. Ou até: ah, já saí da dieta mesmo, vou comer tudo que posso hoje e amanhã eu recomeço”. O problema desses pensamentos é que você sempre vai ter uma desculpa para merecer sair da dieta e você sempre vai pensar em recomeçar amanhã.
      Sem contar as nossas emoções, que facilmente sabotam a dieta e o nosso comprometimento em fazer aquilo dar certo. Devemos prestar atenção no momento de comer e analisar o motivo de estarmos comendo. Será que é relamente fome? O ato de comer deveria servir com a finalidade de nutrir e manter o nosso organismo funcionando, mas o que vemos hoje é uma distorção desse conceito. Comemos por ansiedade, por raiva, por medo, por tristeza ou até por felicidade. Devemos ter prazer em outros setores da vida, não no ato de comer! Analisar o motivo de não sentirmos prazer e descontar isso na comida é extremamente importante!
      Um outro ponto que quero destacar é: Seja responsável por seus atos! Vamos parar de colocar a culpa do nosso fracasso no outro, ou em alguma situação. Nós somos responsáveis pelo que geramos em nossa vida. Cada um com seu crescimento individual e seu ritmo, obviamente, mas sempre nos perguntando: O que EU posso mudar? Como posso me esforçar mais para fazer isso dar certo?
      Que tal tentar se conhecer? Analisar as emoções antes de iniciar uma refeição? Tente fazer esse exercício de autoconhecimento! Vamos pensar além das calorias, além da comida, há sempre algo mais a ser trabalhado. Além de um acompanhamento psicológico, uma abordagem nutricional diferente neste sentido é essencial para ajudar os pacientes a terem sucesso a longo prazo, mudando seus comportamentos!
       

      Panqueca de banana com canela

      Ingredientes:
      1 ovo
      2 colheres de sopa de goma de tapioca
      2 colheres de sopa de amaranto em flocos
      1 banana
      1 colher de café de canela
      1 colher de sobremesa de óleo de coco
      4 gotas de stevia ou xylitol
      1 colher de chá de fermento químico  em pó
      Modo de preparo:
      Amasse a banana e misture todos os ingredientes com um garfo.
      Coloque em uma frigideira pequena untada (aquela frigideira para ovo) e leve ao fogo baixo.
      Ao final, polvilhe a canela por cima e sirva!

      Porque dietas da moda não funcionam?

      Há que diga que emagreceu com a dieta dukan, low carb, paleo, dieta da sopa, dieta do shake… Mas a verdade é que ninguém consegue manter uma dieta restritiva e radical por muito tempo, e acaba ganhando peso novamente!
      Não é porque seu colega cortou totalmente carboidratos que você deve fazer o mesmo! De fato muitas pessoas necessitam reduzir o carboidrato da dieta pra emagrecer, enquanto outras não. Até porque em uma dieta com baixo carboidrato, as compensações devem ser adequadas e outros nutrientes balanceados.

      Imagine que você tem uma predisposição para doença renal ou hepática e resolve fazer uma dukan, com alto teor de proteínas, gorduras e industrializados. Você irá aumentar o risco de desenvolver uma doença por sobrecarga desses órgãos, além de entupir o seu organismo de substâncias tóxicas dos alimentos industrializados que são liberados nessa dieta. O mesmo vale pra dietas com shakes, que não são nada naturais, nem balanceados nem nutritivos!

      A dieta adequada é a SUA dieta, aquela feita sob medida pra você, de acordo com seus sintomas e carências nutricionais (investigadas por exames e sinais físicos) e também de acordo com sua rotina, atividade física e seu metabolismo!