Como fazer tapioca?

Como fazer tapioca?

Como fazer tapioca?

É super prático e rápido! Essa eu fiz com chia também, pra ajudar a reduzir o índice glicêmico.

A tapioca é ótima para substituir o pão, e eu recomendo sempre o rodízio de alimentos. Variar os tipos de farinhas, não consumir só farinha de mandioca ou só de trigo, é importante incluir outros tipos para evitar que o organismo adquira uma sensibilidade ao alimento.

Passo a passo:

1. Esquente a frigideira por alguns segundos
2. Com uma colher espalhe a goma de tapioca na frigideira
3. Logo em seguida, acrescente uma colher de chia.
4. Passe a colher pela tapioca ate que ela esteja no formato e espessura desejados.
5. Levante a borda com uma colher e verifique se ela já está no ponto.
6. Retire da frigideira, coloque em um prato, e sirva! Se preferir acrescente o recheio antes de retirar da frigideira e dobre a tapioca!
Prontinha! Não demora mais que 5 minutos, é super prática!

Conheça também a Receita Pizza Funcional.

Agende sua consulta com um Nutricionista

 

    Consulta + Retorno por 550 reais

    Você também ganha um acompanhamento online de 60 dias por WhatsApp, falando diretamente com a Dra Camila e tem a bioimpedancia inclusa na consulta e no retorno!

    Falsos saudáveis

    Falsos saudáveis

    Falsos saudáveis

    Vocês acham esses alimentos saudáveis?

    Saiba que comer esse tipo de alimento não é sinônimo de fazer dieta ou se alimentar de forma saudável!

    – Barra de cereal: Existem inúmeros tipos, e aquelas que contém flocos de arroz, açúcar, xarope de glicose, gordura de palma, gordura vegetal, coberturas de chocolate, adoçantes, entre outros, estão muito longe de ser saudáveis! Elas tem alto índice glicêmico, corantes, conservantes e são pobres em nutrientes (vitaminas e minerais), e isso também não significa que as barrinhas que tem vitaminas adicionadas são saudáveis, pois a maioria também contém esses ingredientes acima!! Prefira barrinhas de castanhas ou fruta, sem conservantes, sem adição de açúcares e gorduras ou consuma castanhas in natura, frutas in natura com aveia, quinoa ou outro cereal integral ( o que na minha opinião é a melhor opção).
    – Bolachas integrais – Elas contém em sua maioria, farinha de trigo REFINADA como primeiro ingrediente e isso significa que elas NÃO SÃO 100% integrais. Além de conter muito sódio, óleo vegetal, açúcar, açúcar invertido, corantes, e conservantes. Ou seja, nada saudável!! A mesma história anterior, não contém boa quantidade de NUTRIENTES, que é o mais importante em um alimento!!!
    – Peito de peru – Contém muito sódio, glutamato monossódico, conservantes e nitratos, que podem gerar compostos cancerígenos no nosso organismo
    e corantes e açúcar!!
    – Gelatina- Contém corantes, conservantes, alto teor de açúcar ou adoçantes, além de não conter NUTRIENTES! Prefira uma fruta de sobremesa no lugar da gelatina! ou prepare a sua gelatina caseira, sem açúcar com o AGÁR- AGÁR, que tal??

    Agende sua consulta com um Nutricionista

     

      Consulta + Retorno por 550 reais

      Você também ganha um acompanhamento online de 60 dias por WhatsApp, falando diretamente com a Dra Camila e tem a bioimpedancia inclusa na consulta e no retorno!

      Resultado da dieta somado a atividades esportivas

      Resultado da dieta somado a atividades esportivas

      Resultado da dieta somado a atividades esportivas

      Antes e depois da paciente super focada @estela_mayumi ?
      Ela já tinha um estilo de vida saudável e me procurou para melhorar a alimentação e aumentar o rendimento nos treinos de crossfit.
      Além de ser super regrada com a dieta ela é regrada com os treinos, acompanhada pelo personal @lucasnjunior!
      Ela perdeu 2kg sem reduzir o percentual de massa magra (massa muscular) e conseguiu melhorar seu desempenho nos treinos e competições! ??
       
      ?Resultado da dieta somado a atividades esportivas
       

      Agende sua consulta com um Nutricionista

       

        Consulta + Retorno por 550 reais

        Você também ganha um acompanhamento online de 60 dias por WhatsApp, falando diretamente com a Dra Camila e tem a bioimpedancia inclusa na consulta e no retorno!

        Existem alimentos que fazem mal para a tireóide?

        Existem alimentos que fazem mal para a tireóide?

        Existem alimentos que fazem mal para a tireóide?

        Estudos apontam que a soja e as brássicas (vegetais como: couve flor, couve Bruxelas, couve manteiga, rabanete, brócolis, etc.) podem interferir negativamente no funcionamento da tireóide em situações específicas, como na deficiência de iodo. Por outro lado, é provável que isoflavona da soja não afete mulheres saudáveis com níveis adequados de iodo.
        Já no caso das brássicas, quando consumidas em excesso e cruas, os isotiocianatos podem inibir a biossíntese de T3 e T4.
        Vale lembrar que quando esses vegetais são aquecidos, seja por 2 minutos, 56% dessa substância é inativada. E é importante sabermos que os isoticianatos tem um papel muito importante na destoxificação do organismo e na prevenção do câncer.
        Outro alimento vilão neste caso é o glúten, que tem relação com a tireoidite de Hashimoto, uma reação autoimune que acontece devido à semelhança entre os aminoácidos presentes no tecido da tireóide e do glúten.

        A conclusão disso é que a palavra chave é MODERAÇÃO e INDIVUDALIDADE.

        A soja não é boa pra todos, mas pra alguns pode ser extremamente benéfica, assim como as brássicas! Já o glúten, por ter relação com diversas outras patologias, doenças inflamatórias e autoimunes, por isso ele pode e deve ser evitado. Há inúmeros outros cereais mais nutritivos para substituí-lo!
        Existem alimentos que fazem mal para a tireóide? - Suco Verde
         

        Agende sua consulta com um Nutricionista

         

          Consulta + Retorno por 550 reais

          Você também ganha um acompanhamento online de 60 dias por WhatsApp, falando diretamente com a Dra Camila e tem a bioimpedancia inclusa na consulta e no retorno!

          Nutrição funcional na prevenção e no combate ao câncer

          Nutrição funcional na prevenção e no combate ao câncer

          Nutrição funcional na prevenção e no combate ao câncer

          A alimentação tem um papel importantíssimo para evitar e combater o câncer, e longe de ser uma terapia alternativa já é comprovado que os compostos bioativos são essenciais nesse processo.

          Temos diversos compostos anticâncer:

          – Os compostos quimopreventivos bloqueadores, que previnem que uma célula cancerígena se inicie: Frutas vermelhas, brócolis, couve, betacaroteno, etc.
          – Os que inibem a angiogênese do câncer -> é quando o câncer se espalha por outros tecidos. São eles: Chá verde, Frutas vermelhas e roxas, limão, couve, ginseng, açafrão, Azeite extra virgem, óleo de semente de uva, cacau, abóbora, alcaçuz, entre outros.
          – Os agentes supressores -> induzem a morte de células cancerígenas: Cúrcuma, chá verde, soja, resveratrol, pimenta vermelha, quercetina, etc.
          Além disso, devemos evitar a exposição à fatores que induzem à formação de câncer, alimentos inflamatórios e industrializados. Uma dieta individualizada e equilibrada, alcalinizante e com ênfase em alimentos funcionais atua na prevenção do desenvolvimento do câncer. Quando mais natural e variada for sua alimentação, melhor. Essas são dicas gerais, ajustes individuais são muito importantes, tanto na prevenção quanto no tratamento nutricional do câncer.
           

          Agende sua consulta com um Nutricionista

           

            Consulta + Retorno por 550 reais

            Você também ganha um acompanhamento online de 60 dias por WhatsApp, falando diretamente com a Dra Camila e tem a bioimpedancia inclusa na consulta e no retorno!

            Bardana – Uma estratégia para auxiliar na destoxificação do organismo!

            Quem conhece a bardana

            Quem conhece a bardana?

            Bardana é uma raiz de origem oriental, também conhecida como GOBO. Ótima para a destoxificação do organismo, fonte de ácido fólico e principalmente de vitamina B6 (grande aliada no alívio de sintomas de TPM e depressão), além de conter inulina, aquela fibra prebiotica que tem na banana verde ? que ajuda no funcionamento intestinal, servindo de alimento para as bactérias boas do nosso intestino!
            Para o preparo é só picar e refogar com alho, cebola, manteiga ghee ou óleo de gergelim ➕ um pouco de shoyu sem glutamato e corantes.
             
            Quem conhece a bardana?
             

            Agende sua consulta com um Nutricionista

             

              Consulta + Retorno por 550 reais

              Você também ganha um acompanhamento online de 60 dias por WhatsApp, falando diretamente com a Dra Camila e tem a bioimpedancia inclusa na consulta e no retorno!