Exame de bioimpedância como funciona e o que é?

Exame de bioimpedância como funciona e o que é?

exame de bioimpedância

Exame de bioimpedância

 
Ao contrário do que pensa uma boa parte das pessoas, o exame de bioimpedância não é um exame para descobrir alguma doença grave ou os fatores de risco que podem levar a uma. Pelo contrário, o exame de bioimpedância é, na verdade, mais comum do que você talvez possa imaginar.
Muitos atletas e praticantes de esportes em geral fazem o exame de bioimpedância. Eles costumam fazer isso para terem uma maior precisão sobre como está a composição do próprio corpo.
As informações que podem ser obtidas pelos atletas, ao fazerem o exame de bioimpedância, são essenciais para que eles estabeleçam novas metas e objetivos para os respectivos esportes que praticam.
Porém, mesmo que você não seja um atleta ou esportista, você pode considerar fazer o exame de bioimpedância. Conheça mais sobre esse exame a seguir e reflita se você também não poderia fazê-lo.
 

O que é o Exame de Bioimpedância?

 
O Exame de Bioimpedância nada mais é do que um exame que é realizado com o objetivo de analisar como está a composição do corpo de uma pessoa. Ele possibilita descobrir qual o percentual específico do peso corporal( o peso corporal corresponde à quantidade de massa magra, quantidade de água no corpo, e também a quantidade de gordura presente).
Esse exame pode ser realizando tanto por um médico, quanto por um nutricionista. Alguns personal trainers também realizam esse exame.
Ao fazer o exame de bioimpedância de tempos em tempos, você conseguirá descobrir como está a evolução do seu corpo. Principalmente se você começou recentemente uma nova rotina de exercícios físicos, isso é muito importante, pois assim você poderá avaliar se os novos hábitos já estão fazendo surtir efeitos em seu corpo.
exame de bioimpedância

Quem deve fazer o Exame de Bioimpedância?

O Exame de Bioimpedância só não é geralmente feito em crianças. De resto ele é recomendado para todos! Tanto para jovens, adultos como idosos. No caso dos idosos, é importante utilizar a bioimpedância para acompanhar a perda de massa muscular que geralmente acontece neste público e assim, tomar medidas para frear essa perda.
Com o Exame de Bioimpedância, as mudanças que acontecerem no corpo de uma pessoa não serão apenas perceptíveis pela visão, mas também terão um embasamento matemático como possibilidade de comprovação.
E mesmo que você não esteja incluso no grupo de pessoas que mudaram as suas rotinas sedentárias e os seus hábitos alimentares, o Exame de Bioimpedância pode ser muito útil. Isso porque o exame de bioimpedância vai permitir que você conheça melhor o seu corpo.
Mais do que isso, ele pode indicar quais mudanças você precisa  para que seu corpo seja, então, mais saudável.
Se você se enquadra no grupo de pessoas que sofrem com problemas de saúde, tais como obesidade, sobrepeso ou fatores correlatos, o exame de bioimpedância pode ser um dos suportes em que o seu médico se baseará para escolher o melhor tratamento para o seu caso.
 

Como funciona o Exame de Bioimpedância?

Para fazer o Exame de Bioimpedância, uma pequena corrente elétrica será aplicada em seu corpo. Como a água é o único elemento do nosso corpo capaz de conduzir eletricidade, quando essa corrente elétrica passa pelo nosso corpo, é possível medir a impedância da água.
A partir dessa descoberta, calcula-se a quantidade de massa magra e a quantidade de gordura presente.
Com a realização do Exame de Bioimpedância também é possível descobrir as seguintes informações:
 

  • Água corporal total;
  • Análise segmentada de massa magra (quatro membros e tronco);
  • Controle de gordura;
  • Controle de músculos;
  • IMC (Índice de massa corpórea);
  • Impedância de cada segmento;
  • Massa de gordura corporal;
  • Massa livre de gordura;
  • Massa muscular esquelética;
  • Percentual de gordura corpórea;
  • Peso corpóreo;
  • Taxa de metabolismo basal.

 
Essas informações são muito importantes pois devemos acompanhar se ao iniciar uma alimentação saudável e atividade física estamos realmente mantendo ou ganhando massa muscular e perdendo gordura.
Muitas vezes as pessoas perdem peso (visível na balança) mas quando fazem o exame de bioimpedância percebem que perderam na verdade, massa muscular e não gordura. Por isso é importante um profissional para avaliar e adequar a alimentação e a atividade física neste sentido.
Quanto mais massa muscular desenvolvemos, mais acelerado o nosso metabolismo fica. Consequentemente conseguimos otimizar a perda de gordura.
Então lembre-se, nem sempre olhar somente o peso é correto ou indicativo de saúde. É importante saber como está a sua composição corporal!
 
 

Agende sua consulta com um Nutricionista

 

    Consulta + Retorno por 550 reais

    Você também ganha um acompanhamento online de 60 dias por WhatsApp, falando diretamente com a Dra Camila e tem a bioimpedancia inclusa na consulta e no retorno!

    glorium

    Deixe uma resposta