Por que tomar antiácidos não é a melhor escolha

Por que tomar antiácidos não é a melhor escolha

Para você que toma antiácidos regularmente, como Sal de fruta Eno, Estomazil, Luftal e outros…

Saiba que você pode estar com altos níveis de alumínio (metal tóxico) em seu organismo.

Caso vc não saiba, a presença do alumínio no organismo vem sendo associada a doença de alzheimer, dislexia, ansiedade, fadiga, dores ósseas, cefaléia, irritação gastrintestinal, encefalopatia pós diálise e carência de fósforo, cálcio e magnésio.

Mas não é só a ingestão de antiácidos que provoca os altos níveis de alumínio. Temos outras fontes causadoras, como:

Água tratada, utensílios de cozinha, fermento em pó, perfumes, desodorantes, queijos processados, antiácidos, recipientes de alumínio para alimentos (quentinhas) e poluição atmosférica (atividades industriais e emissões de partículas de automóveis).

Como evitar então a absorção desse metal tóxico pelo organismo?

Consumindo quantidades adequadas de Vitamina C, ferro e cálcio.

Lembrando que esses podem ser encontrados em alimentos como:

VITAMINA C

  • laranja;
  • kiwi;
  • goiaba;
  • caju;
  • abacaxi;
  • morango;
  • mamão
  • brócolis e couve flor cozida
  • batata doce cozida
  • tomate cru sem semente
  • pimentão amarelo cru

FERRO

  • carnes em geral
  • gema de ovo
  • feijão e outras leguminosas
  • vegetais verde escuros
  • beterraba crua
  • tofu
  • quinoa
  • chocolate amargo
  • semente de abóbora

CÁLCIO

  • semente de linhaça
  • nozes
  • amendoim
  • uva passa
  • sardinha sem pele
  • mexilhão
  • brócolis
  • tofu
  • grão de bico
  • abóbora cozida

Além do consumo adequado desses alimentos ou reposição em suplemento, eu indico evitar a ingestão de antiácidos, pois o caminho mais adequado para combater a azia, queimação ou má digestão, náusea e dores abdominais é fazer uma avaliação nutricional para investigar as reais causas desses sintomas e assim obter uma dieta individualizada para o tratamento saudável e eficaz. 

Camila Laranja

Deixe uma resposta