Tag alimentação saudável

Bolo de laranja funcional

Receitinha desenvolvida por uma paciente querida!
Bolo de laranja funcional

  • 4 ovos
  • 2 cs de aveia farelo
  • 2 colheres de sopa de linhaça
  • 2cs quinoa flocos
  • 2 laranjas – espremer o suco e raspar as cascas
  • 1 banana pra dar liga
  • 1 cs de mel (acho interessante substituir por 3 colheres de sopa de xylitol)
  • 2 colheres de chá de fermento

O truque foi: jogar tudo no liquidificador, deixar descansar 20 min pra hidratar a linhaça e a aveia, colocar nas forminhas de silicone e ir pro forno!

Receita de pão low carb

Receita de pão low carb

Pão low carb

Nunca tinha conseguido fazer um pão gostoso, e essa receita de pão low carb além de delicioso é low carb e só com ingredientes saudáveis. Peguei no Instagram da @midesimone.
Forma uma casquinha crocante! Vale muito a pena, façam!

Receita de pão low carb

1 xícara bem cheia de farinha de amêndoas (ou de qualquer outra castanha/oleaginosa)
5 colheres de sopa de psyllium
1 colher de sopa cheia de fermento químico em pó
1 colher de chá de sal
1 colher de sopa de vinagre
1 xícara de chá de água fervendo
3 claras de ovo

Modo de preparo

Misture bem todos os ingredientes menos o fermento.
Depois acrescente o fermento e misture mais um pouco.
Para modelar os pães, molhe um pouco as mãos e faça no formato que preferir!
Asse em forno pré-aquecido a 180 graus por cerca de 60 minutos.
Após os 60 minutos, é só esperar esfriar e saborear esse pão low carb delicioso.
Conheça também o café da manhã low carb!
 

Agende sua consulta com um Nutricionista

 
[contact-form-7 404 "Não encontrado"]

Café + muffin salgado

Café + muffin salgado!
Pra quem tem dificuldade de deixar de comer pão, segue a receita de muffin, que parece um pãozinho.
Bata 1 ovo + 2 colheres de sopa de farinha de aveia ou quinoa em flocos + 1 colher de sopa de semente de linhaça (inteira, não farinha) + 1 colher de chá de azeite + orégano e sal a gosto + 1 colher de café de fermento químico em pó + 1 colher de sopa de mandioquinha cozida e amassada (opcional). Coloque nas formas e leve ao forno pré aquecido por cerca de 30 min.
Dica: fica uma delícia comer ele quentinho com manteiga ghee, ou colocar no tostex depois de pronto pra ficar crocante.

Jantar diferente, funcional e de baixo índice glicêmico

Jantar funcional e de baixo índice glicêmico!

Jantar funcional e de baixo índice glicêmico!

Fiz um strogonoff com leite de coco, uma farofa de coco com feijão azuki germinado e comi junto com uma caponata de berinjela que já tinha em casa!

Modo de Preparo – jantar funcional

Para fazer o strogonoff usei coco ralado natural que tinha congelado em casa.
Bati o coco com um pouco de água no mixer e coei. Pronto.
Aí fatiei o shitake e refoguei na manteiga.
Depois refoguei a parte alho e cebola, acrescentei o shitake, sal, leite de coco, molho de tomate caseiro e mostarda sem conservantes/aditivos.
Prontinho!
Dica: Caso queira, pode refogar frango em cubos com a cebola e o alho e depois acrescentar os outros ingredientes.
Se você está com receio do sabor de coco na comida, fique tranquilo pois devido aos temperos o coco fica quase imperceptível!
Conheça também a Receita de Pão de Hambúrguer.
 

Agende sua consulta com um Nutricionista

 

    Consulta + Retorno por 550 reais

    Você também ganha um acompanhamento online de 60 dias por WhatsApp, falando diretamente com a Dra Camila e tem a bioimpedancia inclusa na consulta e no retorno!

    Café da manhã panqueca salgada com recheio de guacamole

    Panqueca Salgada com Recheio de Guacamole

    Panqueca Salgada com Recheio de Guacamole

    Para café da manhã panqueca salgada!
    O guacamole é super fácil, amasse abacate e misture com um pouco de azeite, limão espremido, sal, salsinha e Cebolinha (ou coentro pra quem gosta) , tomate e cebola picados (nem sempre eu coloco, só com os outros ingredientes já fica ótimo também).

    O abacate é ótimo, tem baixo índice glicêmico e glutationa que é um ótimo antioxidante.

    Por conter gorduras boas, ele também dá bastante saciedade, é uma ótima estratégia para momentos que temos muita fome!
    Conheça também  o Café da Manhã Low Carb.

    Agende sua consulta com um Nutricionista

     
    [contact-form-7 404 "Não encontrado"]
     

    Receita de panqueca para café da manhã

    Uma boa opção de café da manhã é essa panqueca deliciosa que eu fiz!
    Bati um ovo, misturei com uma banana bem amassada e coloquei 2 colheres de sopa de farinha de aveia! Não tinha canela mas é uma boa ideia acrescentar.
    Despejei em uma frigideira grande untada com manteiga e espalhei bem.
    Virei para dourar dos dois lados.
    Depois fritei meia banana em rodelas na manteiga até ficar bem cremosa e usei para o recheio!
    Comi com manteiga ghee e café!
    #feriado #saudável #nutricionista #nutricao #saúde #fitness #panqueca #panquecafit #cafe #coffeebreak #coffee

    A individualização da dieta e da suplementação são dois fatores muito importantes para alcançar resultados!

    A individualização da dieta e da suplementação são dois fatores muito importantes para alcançar resultados! E essa é a minha prioridade aqui no consultório.
    O planejamento alimentar (Dieta) é feito com base nos sinais, sintomas, rotina do indivíduo e o mais importante: Tudo isso é montado JUNTO com meu paciente. Combinamos juntos o que é viável ou não e sempre que termino de montar o planejamento pergunto se é possível pra ele seguir o combinado. Porque o sucesso do tratamento se baseia nessa parceria entre o que é ideal e o que é viável para o meu cliente!
    As vitaminas, minerais, fitoterápicos e etc são passados de acordo com sinais e sintomas individuais e resultados de exames laboratoriais específicos. A maioria dos pacientes que chegam aqui, nunca realizaram exames completos de vitaminas/minerais e geralmente apresentam diversos sintomas de carências nutricionais.
    Com a individualização do tratamento é impossível suprir essas carências nutricionais, melhorar sintomas e até potencializar o emagrecimento. Isso porque quando o organismo está deficiente em nutrientes até o metabolismo é prejudicado!
    Na foto, meus suplementos individuais e do meu marido. Uso vitaminas de acordo com as carências identificadas nos meus exames, fitoterápicos para melhorar alguns sintomas específicos e para potencializar o ganho de massa muscular, e esporadicamente enzimasdigestivas e probióticos. Para meu marido, vitaminas específicas para as carências dele e ativos para ajudar na perda de gordura corporal e redução da ansiedade. Cada um no seu objetivo!

    Zinco

    Vou aproveitar esses suplementos que ganhei da @sundown_vitaminas pra falar um pouquinho sobre o zinco!
    Hoje em dia há uma preocupação grande com níveis de vitamina D, por exemplo, mas outras vitaminas e minerais que são de igual importância para o equilíbrio do organismo são esquecidas!
    Um exemplo é o zinco, que é fundamental para imunidade, fertilidade, memória, saúde das unhas / cabelos e pele, função tireoidiana e gastrointestinal, saúde óssea entre outras atividades.
    O estresse é um dos fatores que pode reduzir vitaminas antioxidantes como Zinco, vitamina A, vitamina C e como consequência, piorar a imunidade e os fatores citados acima.
    Ele está presente naturalmente em castanhas, semente de abóbora, lentilhas, feijões, carne vermelha, camarão, etc. Mas em alguns casos precisa ser suplementado. A suplementação deve ser de acordo com seus níveis no organismo e sempre individualizada.

    Por que é “difícil” perder gordura corporal?

    Por que é “difícil” perder gordura corporal?

    Pra começar, vamos desmistificar essa ideia de que perder peso é difícil! O sucesso da dieta depende do quanto o paciente está focado e de uma orientação adequada, individualizada!

    Dentre os fatores que definem facilidade ou dificuldade em perder peso, podemos pensar em genética, composição corporal e estado atual do organismo.

    Em relação a composição corporal, é comum vermos pessoas com massa muscular desenvolvida e metabolismo mais acelerado. Isso porque o músculo é um tecido ativo que tem uma demanda aumentada de energia. É como se a pessoa que sempre se exercitou e fez atividades (principalmente atividades que trabalham músculos) gastasse mais energia do que aquela pessoa que não tem músculos desenvolvidos e está sem se exercitar há anos.
    Em relação a parte genética é possível que ela seja desfavorável para perda de peso. Mas isso significa que eu não vou conseguir emagrecer por causa da minha genética? NÃO!!!
    Hoje em dia já sabemos que o estilo de vida e alimentação podem alterar a EXPRESSÃO dos genes, o que não deixa ninguém mais condenado à sua genética. O que acontece é que a pessoa que não tem uma genética favorável vai ter que ser mais disciplinada provavelmente.
    Já em relação ao estado atual do organismo, uma pessoa que está com hormônios alterados, carência de vitaminas e minerais, disbiose (alteração intestinal) e etc, com certeza tem desequilíbrios que devem ser corrigidos para estimular a perda de peso. No nosso corpo, tudo tem que estar sincronizado.
    O organismo precisa estar totalmente equilibrado para funcionar corretamente e agir a seu favor!
    Veja também sobre os Alimentos Industrializados!
     

    Agende sua consulta com um Nutricionista

     

      Consulta + Retorno por 550 reais

      Você também ganha um acompanhamento online de 60 dias por WhatsApp, falando diretamente com a Dra Camila e tem a bioimpedancia inclusa na consulta e no retorno!

      Compulsão por doces

      A compulsão por doces e carboidratos é muito comum. Vou explicar um pouco dos motivos e as estratégias para ajudar nesses casos.
      Açúcar e carboidratos (principalmente os refinados e de alto índice glicêmico) aumentam nossa insulina e glicemia. Frequentemente as pessoas exageram no consumo desses alimentos e isso causa picos glicêmicos e de insulina. Após esse pico, temos uma queda (hipoglicemia) e nessa hora, temos vontade de comer doces e carboidratos novamente. Esse também é um dos motivos que levam as pessoas pensarem que tem hipoglicemia por falta de açúcar, quando na verdade elas tem uma hipoglicemia por excesso de carboidratos refinados e açúcar!
      O ideal nesses casos, é fazer um planejamento alimentar com menos carboidratos, isento de açúcar e com boas quantidades de proteínas e gorduras boas. Essas quantidades são sempre individuais, cada um tem uma necessidade.

      Feito isso, fica claro que essa compulsão aumenta cada vez que consumimos alimentos ricos em carboidratos e açúcares, logo somente a atitude de reduzir o consumo já ajuda a controlar a compulsão. Além disso utilizar alimentos ricos em gorduras boas e que ajudam a dar saciedade, pode ser uma estratégia. Fitoterápicos específicos podem ser interessantes nesses casos também e a suplementação de nutrientes deficientes (individuais para cada organismo) pode ajudar a equilibrar a produção de neurotransmissores como a serotonina, que também atua reduzindo essa vontade excessiva por doces.
      Uma dica é começar tirando açúcares, farinhas e alimentos industrializados (a maioria deles contém açúcar “escondido”). Ninguém precisa de AÇÚCAR para viver, ele não é um nutriente essencial e não tem serventia nenhuma no organismo. Comece a se acostumar com o sabor natural dos alimentos. Incluir novos hábitos é um desafio, mas é muito possível quando insistimos!